A Importância Das Vacinas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O Brasil é um dos países subdesenvolvidos que melhor tratam sua relação com as vacinas. Atualmente, várias doenças estão controladas e muitas delas foram completamente erradicadas como é o caso da poliomielite, que não dá sinais em nosso território desde o início da década de 90.

Muito disso acontece por conta da responsabilidade e bom trabalho dos Agentes de Saúde Comunitário, que sempre estão de casa em casa buscando conscientizar os moradores sobre sua saúde e garantir que seu bairro esteja imune a doenças e atualizado em relação a eventos e dicas de saúde.

Neste artigo, veremos a importância das vacinas, por que é sempre bom estar atento a caderneta de vacinação dos filhos e a própria imunização, e como o Agente de Saúde exerce um papel fundamental nesse aspecto em prol de sua comunidade.

Vacinas

As vacinas são preparações biológicas de micro organismos mortos ou enfraquecidos de uma determinada forma de doença. As vacinas reforçam o sistema imunológico contra essa doença no agora como no futuro, sendo que alguns tipos de vacinas precisam ser reforçadas com o tempo e outras apenas aplicadas uma única vez na vida.

A primeira geração das vacinas data do século 18, sendo que as vacinas se tornaram mais famosas a partir de 1880, quando Louis Pasteur desenvolveu vacinas contra a raiva, antraz e cólera. Hoje o Brasil já está completamente imunizado contra vários tipos de doenças e apesar do ressurgimento de algumas delas, é um dos países mais cuidadosos nesse sentido.

Grupos Anti-Vacina

Infelizmente existem grupos de pessoas que acreditam que as vacinas são mais maléficas do que benéficas a saúde, e esses grupos são conhecidos como Anti Vacina. Eles comprometem muito a imunização da população, já que fornecem informações errôneas sobre as vacinas, além de colocar em risco a vida de seus filhos e da população, sendo possíveis agentes transmissores de doenças.

Grupos Anti-vacina

No Brasil esses grupos são minoritários, mas muitos países como Estados Unidos, existem grupos grandes e de muita influência. É fundamental que os agentes de saúde comunitário, orientem as famílias a se imunizarem, explicarem a importância das vacinas, como elas são feitas e como agem no organismo e explicar como elas podem salvar vidas hoje e a longo prazo.

2018, Menores Registros De Vacinação No Brasil

Apesar da importância e conscientização das pessoas sobre a eficácia e obrigatoriedade das vacinas, o ministério da saúde do Brasil observou que o número de crianças e adultos imunizados em 2018 foi menor do que nos anos anteriores e em mais de 20 anos.

Esse registro é baixo mas preocupante, pois nos próximos anos, a imunização precisa ser ainda maior, já que muitas doenças tidas como erradicadas tem dado sinais de força e aparecimento novamente, como é o caso do sarampo.

Imunização De Adultos

Imunização De Adultos

Muitos adultos acreditam que somente as crianças precisam ser vacinadas, mas é essencial que a caderneta de vacinação de todos e de todas as idades esteja em dia, para que doenças de vários tipos não sejam mais uma preocupação para o futuro e nem para as gerações que já estão aí.

Agente Comunitário De Saúde Em Favor Das Vacinas E Sua Conscientização

O profissional Agente Comunitário de Saúde, tem por responsabilidade básica imunizar pessoas de todas as idades em sua comunidade e também de conscientizá-las da importância de tomar as vacinas e estar em dia com a caderneta de vacinação, tanto os adultos e principalmente as crianças.

Para trabalhar na área, o profissional deve se preparar através de cursos e na web existem cursos online e gratuitos, com certificação reconhecida pelo MEC e toda formação para trabalhar em sua região com conhecimento, respeito e carinho por sua comunidade.